São Paulo, 27 de junho de 2017

  Artigos | Janeiro/17 registra novo IDP expressivo, ao passo que déficit em transações correntes piora na comparação com ano anterior

Publicado por: Renato Intakli (Dir. de Pesquisa Econômica da SUCESU) e Parallaxis Economia & Ciência de Dados

Para 2017, o déficit nas transações correntes deverá recuar marginalmente, porém esperamos oscilação ao longo do ano. Em 2017 o déficit deverá encerrar em torno de 1,0% do PIB, abrandado pelo retorno das importações com a volta da atividade econômica no segundo semestre. Por outro lado, o IDP deverá apresentar ingressos líquidos inferiores ao observado em 2016, entre US$ 70 bi e US$ 75 bi. Apesar da intensidade.” recente desta conta, acreditamos num abrandamento do IDP ao longo do ano.

  Clique aqui para baixar o arquivo

  Últimos Artigos